Pneus novos fazem total diferença para seu carro, pois melhoram a estabilidade, o controle em curvas, o conforto na condução e, principalmente, a segurança. Trafegar com pneus carecas, por exemplo, além de ilegal, é um grande risco para a sua segurança. Os sulcos, aqueles “desenhos” nas superfícies dos pneus, não podem ter menos de 1,6mm, caso contrário há grandes chances do seu carro aquaplanar. Lembrando que aquaplanagem nada mais é do que um filete de água entre o pneu e o solo, que transforma o motorista em passageiro.

Pneus iguais por eixo

Apesar de essa ser uma ideia já difundida, muitos motoristas ainda não sabem que o ideal é o uso de pneus idênticos nas quatro posições do carro. Mas, quando isso não é possível, é fundamental que sejam usados pneus do mesmo tamanho e modelo, isto é, com desenhos idênticos, pelo menos nos eixos. Ou seja, os pneus dianteiros devem ser iguais entre si, e nos de trás, a mesma coisa. Não realizar esse procedimento é a certeza de ter problemas de durabilidade e, principalmente, estabilidade, com danos no alinhamento e balanceamento.

Rodízio é fundamental

Outra prática muito famosa mas pouco usual é o rodízio. Muitos motoristas esquecem de realizá-lo, e acabam não aproveitando toda a vida útil possível para os compostos. Efetuar esse procedimento no tempo certo é evitar ter que trocar os pneus com frequência.